9 de out de 2010

Marilena Chauí: boicote ao PIG

A professora de filosofia da Universidade de São Paulo (USP), Marilena Chauí, sugeriu a Dilma Rousseff que deixe de atender a mídia convencional. 

"Marilena Chauí defendeu que lideranças de esquerda e do PT deixem de atender jornalistas da imprensa convencional, em uma espécie de boicote a pedidos de entrevista. "Para defender a liberdade de expressão é preciso não falar com a mídia", propõe Marilena Chauí. Ela acredita que a mídia dá espaço para figuras do partido e de movimentos sociais apenas para "parecer plural", mas promovendo um "controle de opinião" sobre o que é publicado."

Confira a reportagem na íntegra, no Rede Brasil Atual.



Eduardo Pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário